Category : Automação de Marketing

Automação de Marketing

SMS Marketing : o que é e como funciona?

sms marketing

Há quem diga que as mensagens de texto, os famosos SMS, estejam ultrapassados. Mas quem faz uso dessa estratégia para se manter próximo ao seus clientes e consumidores garante que a eficácia é certa.

Os SMS têm uma taxa de 98% de abertura e uma taxa de resposta 209% maior do que telefone, Facebook e e-mail. Além disso, 90% das mensagens são lidas em até 3 minutos após o envio.

Esses dados mostram como uma estratégia de SMS pode ser vantajosa para qualquer empreendimento, dos mais pequenos às multinacionais.

Que tal saber mais sobre o que é SMS e como ele funciona? Continue a leitura!

O que é SMS?

SMS ou Short Message Service é um serviço de entrega de mensagens curtas diretamente no celular das pessoas.

Esse canal de comunicação se popularizou muito quando as pessoas começaram a ter acesso aos celulares e vem sendo deixado de lado por muitas empresas que acreditam que ele não é mais tão efetivo quanto alguns anos atrás.

Porém, como você viu no início do nosso post, a taxa de efetividade do SMS Marketing é muito alta e supera as estratégias de comunicação digital mais utilizadas atualmente, como as redes sociais e os próprios mensageiros instantâneos, como WhatsApp e Messenger.

Como funciona o SMS?

O SMS usa a transmissão de dados via rede telefônica para entregar mensagens rápidas, de até 160 caracteres.

Assim como numa chamada o seu telefone se conecta a uma torre de transmissão e essa torre direciona para o telefone da pessoa para a qual você está ligando, o SMS faz o mesmo caminho. A diferença é que, em vez de uma chamada de voz, a mensagem entregue é em texto.

Por que apostar no SMS Marketing?

Além de ter uma alta taxa de entrega e abertura, o SMS apresenta diversas vantagens. Veja:

Acessibilidade

Enquanto mensagens de WhatsApp, Telegram, Messenger e redes sociais dependem de uma boa conexão de internet, o SMS dispensa essa conexão. Desse modo, suas mensagens alcançam qualquer pessoa em qualquer lugar, mesmo com a internet desligada.

Velocidade

Como você viu, um SMS é lido em até 3 minutos após o envio. Essa é uma vantagem para quem deseja enviar mensagens urgentes para sua base de contatos, como promoções relâmpago ou comunicados.

Privacidade

As mensagens de SMS identificam apenas o número do remetente, sem acesso a outras informações, como nome, endereço ou fotografia.

Tempo de resposta

Sabe quando você manda centenas de e-mails e fica naquela expectativa pelo retorno dos seus clientes? No SMS, essa ansiedade é muito menor, pois a taxa de resposta é de 45%, enquanto no e-mail de apenas 6%.

Versatilidade

O SMS permite que você envie variados tipos de mensagens, de forma segmentada e assertiva. É possível incluir links ou solicitar respostas rápidas, como SIM ou NÃO, automatizando a sequência da comunicação de acordo com o comportamento do usuário.

Análise de dados

Do mesmo modo que você acompanha indicadores de taxa de abertura, cliques e bounce rate do e-mail, também é possível fazer o mesmo no SMS. Assim, você sabe exatamente quem recebeu suas mensagens e qual foi a reação.

Com isso, você melhora cada dia mais a comunicação com sua audiência e explora todas as potencialidades de um formato ágil, eficaz e disponível para todos.

Gostou de saber mais sobre o SMS? Então não perca tempo! Conheça a ferramenta de SMS Marketing do Bulldesk e comece sua estratégia hoje mesmo!

Leia mais
Automação de Marketing

Como avaliar os resultados das suas campanhas de automação de marketing

como avaliar campanhas de automação de marketing

A automação de marketing tem sido considerada o santo graal das equipes de marketing. E não é para menos: com as ferramentas certas, é possível otimizar processos, eliminar burocracias, personalizar a comunicação com leads e clientes e obter resultados cada vez melhores.

Mas você saberia dizer que tipo de resultados suas campanhas de automação de marketing digital geram? Continue a leitura e saiba quais indicadores são essenciais para avaliar os resultados das suas campanhas de automação de marketing!

Taxa de abertura de e-mail

A taxa de abertura de e-mail é um forte indicador da saúde ou qualidade da sua base de contatos. Afinal, não basta ter milhões de pessoas registradas no software de automação se nenhuma delas chega a abrir suas mensagens.

Esse indicador também oferece bons insights sobre a qualidade do conteúdo que você compartilha, começando pelo título do e-mail. Títulos atraentes despertam o interesse e levam à abertura do e-mail. Títulos desinteressantes acabam na pasta de spam ou lixeira eletrônica.

Taxa de cliques

Sempre que você cria uma campanha de automação de marketing, pensa no próximo passo a ser dado pelo seu lead ou cliente, certo? Portanto, cada mensagem enviada deve conter um link para essa próxima etapa.

Nesse sentido, é essencial monitorar a taxa de cliques, isto é, quantas pessoas deram o próximo passo na jornada de compra. É dessa forma que você começa a coletar dados sobre os principais interesses da sua audiência e a personalizar, cada vez mais, a comunicação.

Se a sua taxa de cliques é baixa, significa que sua mensagem não foi boa o suficiente para instigar a curiosidade do lead ou cliente para seguir adiante. Consequentemente, você está perdendo a chance de conquistar uma venda no futuro.

Taxa de e-mails rejeitados

E-mails rejeitados são aqueles que não foram entregues ao destinatário. Os motivos para que isso aconteça podem ser vários, como endereço errado, e-mail excluído pelo usuário ou até mesmo filtros anti-spam usados pelo consumidor.

Assim como a taxa de abertura, esse indicador mostra a saúde da sua base de contatos e permite que sua equipe faça uma limpeza no banco de dados, ficando apenas com os e-mails válidos.

Desse modo, abre-se espaço para novos contatos e, claro, novas oportunidades de negócios.

Taxa de desengajamento

Sempre foi de bom tom criar campanhas de automação de marketing digital usando apenas o contato de quem aceitou receber comunicações da sua empresa. Entretanto, a partir de agosto de 2020, essa deve se tornar uma regra de ouro para quem atua no segmento, já que entra em vigor a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados.

Mesmo que o usuário tenha dado o aceite para receber mensagens da sua empresa, pode acontecer de ele não querer mais recebê-las e atualizar suas preferências, cancelando o recebimento. Essa situação é chamada de “desengajamento”, porque o usuário deixou de estar engajado com a sua marca.

A taxa de desengajamento pode refletir várias questões, como:

  • segmentação de público falha, levando a conteúdos desalinhados com os objetivos dos seus leads e clientes;
  • conteúdo de má qualidade, que não agrega valor real à vida das pessoas;
  • excesso de envios, ocasionando uma “overdose” de e-mails na caixa de entrada do destinatário;
  • entre outros.

Se a sua taxa de desengajamento é muito alta, é essencial identificar a razão e eliminá-la o mais rápido possível. Para tanto, considere entrar em contato com as pessoas descadastradas das suas campanhas de automação e questioná-las quanto aos motivos que levaram a isso.

Retorno sobre o investimento (ROI)

A sigla ROI vem do termo Return on Investment ou Retorno Sobre o Investimento. Esse é o principal indicador de sucesso de uma campanha de automação de marketing, pois revela quanto sua empresa gera de receita a partir de cada campanha.

Digamos que, entre o pagamento de uma ferramenta de automação e as horas de trabalho de um funcionário, a empresa tenha investido R$ 1.000 em uma campanha. E que, a partir dessa campanha, foi gerado uma receita de R$ 5.000. Sendo assim, o cálculo do ROI será:

ROI = (Receita – gasto) / gasto

ROI = (5000 – 1000) / 1000

ROI = 4000 / 1000

ROI = 4

Para saber o valor em porcentagem, basta multiplicar o resultado final por 100 e você terá que o ROI da sua campanha foi de 400%.Quer avaliar suas campanhas de automação de marketing com mais facilidade? Conheça o Bulldesk!

Leia mais
Automação de Marketing

3 exemplos automação de marketing que economizam tempo e facilitam processos

automação de marketing

Falar de automação em marketing significa melhorar os processos de comunicação com o objetivo de finalizar uma conversão no menor tempo possível e com a menor quantidade de esforço. 

Em tempos onde os bancos de dados são massivos, contar com ferramentas de automação de marketing é a chave para criar contatos efetivos, aproveitando todo o potencial da tecnologia, sem que se perca de vista a personalização.

Mas não é só isso que a automação de marketing pode fazer por uma empresa. Essa tecnologia é cada vez mais utilizada para otimizar o tempo da sua equipe de marketing e facilitar os processos de modo que eles se tornem mais eficazes.

Quer saber como isso acontece? Continue a leitura!

Exemplos de automação em marketing

A evidência de que a automação marketing é usada para novas oportunidades de negócios pode ser vista na State of Marketing Automation 2019, da SocialMediaToday. Segundo a pesquisa, quase 80% das empresas consultadas trabalham com estratégias de e-mail marketing automatizadas.

Com isso em mente, vejamos alguns possíveis usos das plataformas de automação de marketing para economizar tempo e otimizar processos:

#01 Nutrição de Leads

A nutrição de leads consiste em enviar uma série de mensagens que têm como meta educar seus futuros clientes sobre seu negócio, produtos ou serviços. 

Você pode nutrir leads por e-mail, SMS ou até mesmo por WhatsApp, mantendo um contato direto com cada potencial cliente. Mas já pensou ter que fazer tudo isso um a um ou em pequenos grupos? Seria praticamente impossível.

É por essa razão que as ferramentas de automação de marketing têm como uma de suas principais funcionalidades a criação de fluxos de nutrição. Assim, você cria mensagens personalizadas e as envia para uma grande quantidade de pessoas de uma única vez, poupando tempo e trabalho manual.

#02 Conhecer seu público e segmentar listas

A automação em marketing também permite que você segmente sua lista de contatos de acordo com o perfil de cada lead, levando em consideração não só os dados sociodemográficos, mas também os comportamentais.

Dessa maneira, é possível criar mensagens personalizadas para cada consumidor e desenvolver um diálogo mais próximo com ele, o que aumenta as chances de a sua empresa concretizar uma venda.

Essa segmentação é feita de acordo com parâmetros pré-estabelecidos pela sua equipe de marketing e acontece de maneira totalmente automática, desde que a plataforma de automação de marketing esteja configurada adequadamente.

O resultado são menos horas de trabalho tentando entender o perfil do seu público-alvo e mais assertividade nas estratégias de marketing.

#03 Reengajamento de clientes

É bastante comum que alguns clientes deixem de interagir e comprar da sua marca. No entanto, é fundamental estar atento a essas perdas e agir proativamente para recuperar o contato e a confiança desses clientes.

Uma das melhores maneiras de fazer isso sem ocupar o tempo da sua equipe tentando identificar quem são os clientes que perderam contato é agendar uma automação de marketing que seja disparada quando o vínculo seja considerado interrompido.

Por exemplo: se faz um mês que o cliente não acessa o seu site, não abre seus e-mails e nem realiza compras, é hora de enviar uma campanha personalizada de reengajamento.

Você pode combinar o envio de um e-mail com um SMS, a fim de garantir que a mensagem seja recebida.

Como você pode ver, a automação de marketing é uma tecnologia que trabalha por você e para você, otimizando tempo e recursos importantes.

Se você quer descobrir outras vantagens que uma ferramenta de automação de marketing pode oferecer, faça um teste gratuito do Bulldesk!

Leia mais
Automação de Marketing

Aumente suas vendas no Natal com automação de marketing

O final de ano é o melhor momento para vender mais e melhor para a maioria das empresas. É neste período que são realizadas as confraternizações e são comprados brindes e presentes. Seja para colaboradores, clientes, fornecedores ou parceiros de negócios.

A grande questão é: como você pode aproveitar esse momento e aumentar suas vendas no Natal?

Nós temos a resposta: automação de marketing. Confira como usar essa tecnologia para expandir seus negócios!

Fale com mais pessoas ao mesmo tempo

A automação de marketing permite que você envie mensagens personalizadas para uma grande quantidade de pessoas ao mesmo tempo, poupando recursos e horas de trabalho da sua equipe.

Você pode, por exemplo, criar uma seleção de ofertas personalizadas, segundo os interesses de cada cliente, e enviá-la através de uma ferramenta e-mail marketing para centenas de pessoas uma só vez.

Além de surpreender seus potenciais clientes com a personalização da oferta e a pontualidade da entrega, você aumenta suas chances de concretizar mais vendas por oferecer produtos e serviços alinhados às necessidades do seu público.

Fale com as pessoas certas

Com uma ferramenta de automação de marketing, você é capaz de identificar os consumidores que estão mais avançados na jornada de compra e preparar ofertas especiais para convertê-los em clientes.

Esse processo é chamado de qualificação de leads. Além de otimizar o tempo da sua equipe de vendas, já que a seleção de potenciais clientes que serão contatados é feita automaticamente, ele também ajuda a aumentar as conversões, pois somente pessoas prontas para comprar são repassadas para o time de vendas.

Distribua cupons de desconto

Cupons de desconto são o incentivo que as pessoas precisam para tomar uma decisão e realizar uma compra. Por isso, se você quer aumentar suas vendas no Natal, aproveite o poder de escalabilidade da automação de marketing e distribua cupons de desconto.

O processo é muito simples: você cria um modelo de e-mail no qual contextualiza sua oferta, define um código para que a pessoa use no checkout e dispara esse e-mail para toda a sua base de leads.

Depois, é monitorar as taxas de entrega e abertura de e-mails, junto com o uso dos cupons de desconto e o ticket médio com a campanha.

Capriche nos e-mails transacionais

E-mail transacional é uma sequência de mensagens que informam o cliente sobre o status de uma compra, por exemplo.

Essa sequência de mensagens mantém o cliente tranquilo em relação ao processo de compra e satisfeito com o atendimento da sua empresa. Ela reduz a ansiedade e demonstra transparência em todo o processo.

Com uma plataforma de automação de marketing, você pode planejar uma sequência de e-mails transacionais e enviar para cada lead e cliente sempre que houver uma interação. Basta definir quais são os gatilhos que disparam o envio dos e-mails.

Digamos que um internauta visitou a página de um produto, mas não concluiu a compra. No momento em que ele deixa a página, sua ferramenta de automação de marketing pode enviar um e-mail lembrando que ele não concluiu o processo ou então dando aquele desconto para que ele volte e realize a compra.

Adivinhe o próximo passo

Uma das melhores soluções que a automação de marketing traz é a possibilidade de acompanhar o comportamento dos seus leads.

Imagine que você disparou uma campanha de e-mail com várias ofertas. Além de poder monitorar a taxa de entrega e abertura desses e-mails. É possível saber quais deles foram clicados e quais páginas do seu site foram visitadas a partir dessa campanha.

Assim, fica mais fácil compreender quais são os interesses de cada lead e personalizar a próxima comunicação, criando campanhas mais segmentadas. É como se a sua empresa adivinhasse o próximo passo do cliente, o que vai deixá-lo surpreso e motivado a manter o relacionamento com a sua marca.

Crie experiências incríveis

Com a automação de marketing, você pode personalizar ao máximo cada interação de cada pessoa com a sua marca. Dessa forma, cria uma experiência única de compra e relacionamento.

Quanto mais dados sua ferramenta de automação de marketing coleta, mais possibilidades de customização você tem. Assim, pouco a pouco você vai conhecendo melhor sua audiência. Com isso, pode oferecer produtos e serviços que se complementam, aumentando suas vendas no Natal.

E o melhor: tudo isso não para no dia 25 de dezembro. Você pode aproveitar todos os dados e interações durante o ano todo. Desse modo, consegue manter seus clientes fiéis e satisfeitos com a sua marca.

Animado para começar a vender mais a partir de hoje? Então comece pelo básico. Experimente o Bulldesk e comprove todas as facilidades que a automação de marketing pode trazer para a sua empresa!

Leia mais
Automação de Marketing

6 Exemplos de como a Automação de Marketing pode otimizar seus processos

funil de marketing

Automação de marketing é um conjunto de ferramentas que permite otimizar processos. Além de promover uma experiência personalizada para a sua audiência e também escalar resultados.

Dentre as soluções que fazem parte da automação de marketing estão o envio de e-mails de forma automática, a criação de landing pages ou páginas de captura e a coleta e análise de dados de diversas fontes, como blog, site e redes sociais.

Juntas, essas ferramentas de automação de marketing são capazes de otimizar processos, reduzir o tempo de resposta do seu time de marketing e vendas. E, claro, gerar mais resultados em menos tempo.

Que tal saber melhor como tudo isso funciona? Confira 6 exemplos de como a automação de marketing pode otimizar seus processos!

1. Envio de e-mail marketing

O e-mail marketing é uma das principais ferramentas de relacionamento com leads e clientes. Por meio dele, você desenvolve uma comunicação personalizada com cada pessoa e constrói relacionamentos duradouros.

Mas já pensou se cada e-mail tivesse que ser escrito por uma pessoa? Quanto tempo isso levaria? E quantas pessoas seriam necessárias?

Enquanto você tem uma base de leads pequena, pode parecer fácil dar conta disso de forma manual. No entanto, conforme esse número cresce, sua empresa vai perdendo a capacidade de se comunicar frequentemente com leads e clientes.

Com uma boa ferramenta de automação de marketing, esse trabalho se torna muito mais fácil. Você pode criar uma mensagem totalmente personalizada para cada lead, customizando campos como nome, datas, endereços e informações específicas. As datas de envio também podem ser agendadas, deixando seu time tranquilo para realizar outras atividades mais estratégicas.

Além disso, você pode enviar centenas de e-mails de uma só vez. Desse modo, você poupa um dos recursos mais escassos na empresa atualmente: o tempo dos seus colaboradores.

2. Envio de SMS

Você pensava que SMS era coisa no passado? Nada disso!

Uma das grandes vantagens do SMS é que ele independe de uma boa conexão de internet para ser recebido. Sendo assim, é possível impactar um maior número de pessoas.

As mensagens de texto têm uma taxa de abertura de 98%, algo muito superior ao e-mail marketing, por exemplo. Além disso, 75% dos consumidores aceitam receber SMS de marcas que respeitam e admiram.

E a melhor notícia é que você também pode usar uma ferramenta de automação de marketing para fazer o envio de SMS. Basta escolher uma solução que traga essa funcionalidade, como é o caso do BullDesk.

3. Qualificação de leads

Uma das tarefas mais difíceis de se fazer durante o processo de captação de clientes é a qualificação de leads. Em outras palavras, entender quais leads estão prontos para um contato de vendas e quais ainda precisam avançar um pouco mais na jornada de compra.

Com uma ferramenta de automação de marketing, você pode definir os critérios que caracterizam um lead qualificado e atribuir uma pontuação para cada interação que ele tem com a sua marca. Além disso, pode ser avisado no momento em que este lead estiver pronto para realizar a compra.

e ainda ser avisado no momento em que este lead estiver pronto para realizar a compra.

Mais uma vez, você tem um processo longo, complexo e que demanda bastante tempo totalmente automatizado. Dessa forma, seu time de vendas se concentra apenas nos leads qualificados. Já o time de marketing continua nutrindo os demais com conteúdo relevante e útil.

Essa dinâmica permite que seu time de vendas atenda a mais pessoas em menos tempo, dedique-se mais ao relacionamento do que à prestação de informações e seja mais eficaz nas conversões de leads e clientes.

4. Follow ups

Uma vez que o lead esteja qualificado e o time de vendas tenha iniciado uma negociação, é essencial ter um processo de follow up (acompanhamento) sistemático.

Esse follow up pode ser através de um e-mail ou então uma ligação, a depender da importância do contato. E não deve demorar, é claro. Após uma reunião, por exemplo, um e-mail de agradecimento no dia seguinte é o ideal. Caso um contrato tenha sido enviado, um prazo de 48 horas é suficiente para solicitar um feedback do cliente.

O agendamento de follow ups é uma das funcionalidades que uma boa ferramenta de automação de marketing traz. Assim, cada vendedor já sabe, dia a dia, quais leads e clientes deve contatar, qual é o histórico de interações e qual deve ser o próximo passo para fechar a negociação.

5. Emissão de relatórios

Equipes de vendas e marketing costumam perder bastante tempo gerando relatórios para compartilhar com outros setores e a diretoria da empresa. São informações sobre leads gerados, negócios fechados, ticket médio, metas atingidas, entre outras.

Investindo em uma ferramenta de automação de marketing, esses relatórios são gerados de forma automatizada, podendo ser customizados pelo uso de filtros. Assim, é possível compartilhar informações atualizadas e em tempo real com a equipe, selecionar informações e analisá-las pontualmente ou em comparação a outros dados.

Relatórios automatizados também favorecem a tomada de decisão. Como toda a equipe tem acesso a informações atualizadas em tempo real, fica mais fácil decidir os rumos de uma estratégia de marketing e vendas, por exemplo.

Também é possível analisar indicadores de desempenho e definir novas metas com base na dinâmica do mercado e no histórico de vendas da sua empresa, o que leva a um maior retorno sobre o investimento.

6. Integração de dados e métricas

Como dissemos no início deste post, automação de marketing é um conjunto de soluções que podem estar integradas em uma ferramenta all in one (todas em uma).

Nesse caso, você tem dados e métricas de diversas fontes integrados em um mesmo dashboard, facilitando a análise da performance da empresa sob diversos pontos de vista.

Contatos feitos, negócios gerados, visitas ao site, número de conversões por página, desempenho de campanhas de e-mail marketing, entre muitas outras informações passam a ser consultadas de forma bastante intuitiva.

A visão consolidada dos dados oferece uma série de insights que podem ser utilizados para aumentar ainda mais os resultados das suas ações de marketing e vendas e, consequentemente, gerar mais negócios para sua organização.

Agora que você já sabe como a automação de marketing pode otimizar seus processos, que tal experimentar na prática? Faça um teste gratuito do BullDesk!

Leia mais
Automação de Marketing Inbound Marketing

Usando o Bulldesk para começar sua estratégia de inbound marketing

Uma estratégia de inbound marketing bem planejada precisa de um suporte tecnológico de primeira, isto é, uma boa ferramenta de automação de marketing.

Confira agora como usar o Bulldesk para colocar sua estratégia de inbound marketing para rodar!

Criando formulários

O marketing de atração se baseia na conquista do interesse das pessoas e na troca de conteúdos relevantes por dados. É por esse motivo que o primeiro passo para começar sua estratégia de inbound marketing com o Bulldesk é criar formulários inteligentes para captura desses dados.

Acesse sua conta do Bulldesk, vá até o menu Marketing e clique em Formulários. Na sequência, clique em Novo Formulário.

Selecione os campos que você deseja inserir no formulário e preencha as informações requisitadas. Simples assim.

Criando landing pages

Landing page ou página de captura é uma espécie de hotsite onde você promove um material rico, como um e-book, por exemplo. É a partir dela que as pessoas fazem download desse material e enviam para a sua empresa dados de contato, como nome e e-mail.

No Bulldesk, é muito fácil criar suas landing pages. Acesse sua conta e vá até o menu Marketing. Em seguida, clique em Landing Pages. Na sequência, clique em Nova Landing Page.

Você pode escolher um entre os vários modelos de landing pages disponíveis ou então criar um template totalmente exclusivo para a sua empresa.

O Bulldesk disponibiliza uma ferramenta drag and drop (arraste e solte) para que você monte sua landing rapidamente.

Criando modelos de e-mails

Toda estratégia de inbound marketing também conta com fluxos de nutrição, que são sequências de e-mails enviados após o download de um material rico. Esses e-mails servem como complemento ao conteúdo baixado e têm por objetivo manter o vínculo com o lead conquistado.

O passo a passo para criar modelos de e-mails também é bastante simples e intuitivo. Acesse sua conta, vá até o menu Marketing e clique sobre Modelos de E-mails. Clique em Novo E-mail, selecione o template que você mais gostar e depois é só substituir as informações.

Criando campanhas

Depois de criar os modelos de e-mail que você deseja enviar para a sua audiência, é hora de criar as campanhas, ou fluxos de nutrição.

Acesse o menu Marketing e vá até Campanhas. Clique em Nova Campanha, dê um nome a ela e selecione a opção Automação de Marketing.

Defina os gatilhos (ações do usuário que farão com que a campanha seja acionada), o fluxo de ações (quais ações devem ser realizadas quando o gatilho for acionado) e defina o envio.

Pronto! Seu fluxo de automação de marketing já está pronto para funcionar.

Unindo os pontos

Explicando de uma forma simples como sua estratégia de inbound marketing vai funcionar, podemos dizer que você vai:

  • Criar um formulário para captura de dados;
  • Criar uma landing page e inserir o formulário criado anteriormente;
  • Publicar a landing page para que as pessoas possam acessá-la;
  • Vincular sua landing page a um conteúdo rico, como um infográfico, por exemplo, que será baixado pelos usuários;
  • Vincular sua campanha de automação de marketing à landing page criada, cujo formulário será o gatilho para o disparo do seu fluxo de nutrição;
  • Promover sua landing page no site, blog e redes sociais.

Quando os visitantes começarem a acessar sua landing page e preencher o formulário em troca do conteúdo rico, esses dados são armazenados pelo Bulldesk e, imediatamente, sua campanha é disparada para essas pessoas.

Tudo isso sem a necessidade de ninguém supervisionando. Gostou da ideia?

Então experimente na prática!

Leia mais
Automação de Marketing Geração de Leads

Duas ferramentas para captar clientes online

captar-clientes-online

Quem busca captar clientes online (por sites, blogs e redes sociais) sabe que existe uma porção de formas de criar meios “magnéticos” para que você sempre busque e alcance mais leads. 

Porém, o que sempre defendemos por aqui, e vale ser reforçado nesse momento, é: quanto maior for a quantidade de canais que você estiver presente, maior a possibilidade de errar. Você estará atirando em muitas ferramentas ao mesmo tempo, e pode acabar não mirando corretamente em nenhuma delas. 

Um dos melhores campos magnéticos para utilizar é o formulário. Ele existe para colocar o processo de vendas no seu “devido lugar”, isso é, sem a venda imediata assim que você cai no site. 

O investimento passa pela captação, e forçar o cliente pode afastar ele da proposta do seu site e também do seu produto. 

Assim, com um formulário inserido no canal de divulgação escolhido, você consegue captar informações muito valiosas para o seu negócio – e que vão enriquecer os detalhes que sua equipe de vendas precisa. Você, certamente, já deixou seu nome, telefone, endereço de e-mail e até alguma informação ou outra sobre a empresa que trabalha em um formulário, certo?

Essas informações vão direto para o seu time de vendas, que segue munido com detalhes ricos sobre cada lead. 

Como construir um formulário eficiente?

O que seu cliente ganha com ele?

Sim, seu lead deve ganhar algo. Ao navegar por sites pela internet, você raramente sai preenchendo seus dados em todos os espaços que chegam até você, certo? 

Isso acontece porque, com o investimento nas páginas de formulário, empresas começaram a oferecer materiais gratuitos e atrativos através dessas páginas.

Por isso, pense em perguntas rápidas e que não exijam tempo do seu lead, e em um material especial, para ser oferecido junto da entrega do formulário. Sim, é ingenuidade acreditar que todo mundo está disposto a oferecer informações gratuitamente sem ganhar algo em troca. 

Essa é uma forma orgânica de conquistar informações importantes. Para que essa “troca” seja valiosa para você, invista em um material de baixo custo. Não precisa entregar um serviço caro e valioso para sua empresa. Um infográfico ou e-book já está de bom tamanho. 

Dedique-se às perguntas realizadas

Você tem “uma” chance para fazer o lead preencher o formulário, certo? Então, não perca oportunidades. Você não precisa ter um documento salvo em seu computador com as perguntas feitas para colocar em todos os formulários que fizer. 

Para cada projeto que sua empresa tiver e quiser leads diferentes, você pode fazer perguntas distintas. 

Se o seu objetivo é realizar um rapport com funcionários que trabalham em agências de Marketing Digital, faça perguntas gerais (como nome, e-mail e telefone de contato). Também pergunte qual o nome da agência e quantos funcionários ela tem, por exemplo. 

Se você busca conversar com uma empresa de tecnologia, questione sobre o ramo em que ela atua e qual o principal objetivo da empresa. Você também pode fazer perguntas específicas de modos variados, sempre de acordo com a possibilidade que você pretende oferecer para esse lead com o seu produto:

  1. Qual o principal problema da sua empresa hoje?
  2. O que impede seu negócio de atingir objetivos? 
  3. Quantos clientes você possui hoje? 
  4. Quantos clientes gostaria de adquirir dentro de um ano?
  5. Qual o seu nível de conhecimento sobre [alguma área]?

Esses formulários podem ser inseridos como pop-up em um site. Mas, você também pode criar landing pages, se você quer prospectar infoprodutos, como e-books, infográficos e outros materiais ricos.

Afinal de contas, o que é uma landing page?  

Uma landing page é, na verdade, uma página de conversão e/ou captura, que é ligada ao site principal da sua empresa. Ela é criada para servir como casa do formulário que você vai fazer. Ou seja, é o approach ideal para você disponibilizar o download do material que oferecerá em troca dessas informações. 

Para que sua landing page gere leads, você deve entender que ela é um gerador de contatos. O mais importante é saber quais serão os seus objetivos com essa lista de contatos adquirida. Você vai prospectar através de fluxos de e-mails? Vai ligar para o telefone diretamente? Quer conseguir mais informações antes de repassar o contato para a sua equipe de vendas? 

Todas essas etapas devem fazer parte da sua estratégia, pois o lead, em 95% dos casos, não fará nada além de preencher o formulário da landing page e ler o material. E, veja bem: o material não é garantia de que ele irá ter um interesse profundo no seu negócio. Você deve continuar a estimular este lead, e as informações captadas devem te ajudar nesse processo. 

Uma outra forma de captar clientes on-line é a utilização de uma boa ferramenta de automação de marketing. Você pode ler um pouco mais sobre automação no post complementar a este, aqui mesmo, no nosso Blog.

Leia mais
Automação de Marketing

Entenda os perigos de não ter automação no marketing

automacao de marketing

Uma das perguntas que mais recebemos em todos os nossos canais é: o que minha empresa pode ganhar com automação no marketing

Já fizemos uma série de posts falando sobre automação de marketing e seus benefícios. Se você acompanha o nosso blog, sabe que essa opção pode ajudar muito a sua empresa . 

Porém, o que você não sabe é que em seu negócio podem haver alguns errinhos (sem que você sequer perceba) que podem estar expondo sua empresa a alguns riscos. 

Vamos saber quais são. 

Segmentar clientes é uma tarefa difícil? 

Se a resposta for sim, a automação pode te ajudar. Quando seus clientes estão separados por grupos bem segmentados, você consegue melhorar e personificar canais de comunicação. Desse modo, pode escrever mensagens e contatos de forma direcionada. Além de visualizar todos os seus clientes de forma menos sistemática. Clientes divididos por segmentos também tendem a se sentir mais acolhidos pelo seu negócio, pois você está desmontando o “gesso” da forma tradicional de se comunicar com eles. 

Problemas de comunicação fazem parte da sua rotina?

Nós falamos um pouco desse conceito no tópico de anterior. Os problemas de comunicação com clientes podem ser revertidos quando sua empresa usufrui de um sistema de automação de marketing. Isso porque ele auxilia na gestão da comunicação com seu cliente. Dessa maneira, você consegue organizar seus leads no funil de vendas, criar e visualizar fluxos de forma mais simplificada. Além disso, cria uma experiência personalizada para cada cliente. 

Você tem um programa para cada função da sua empresa?

Este é um cenário muito comum em empresas de diversos tamanhos. De acordo com o crescimento das demandas, a chegada de clientes e tudo o que passa pelo funil de vendas, é comum que as empresas adquiram softwares e programas para gerenciar cada etapa de cada processo. Com uma boa ferramenta de automação de marketing, você consegue trazer tudo para um lugar só. Além disso, organiza suas leads e envia oportunidades para vendedores, acompanha gráficos, analisa métricas e ainda identifica o retorno desse investimento. 

Você se coloca no lugar do seu cliente? 

Essa é uma pergunta recorrente e serve para vários momentos da empresa. Porém, quando falamos de automação de marketing, é importante revermos o conceito por trás dessa ferramenta. 

Com certeza, você já foi bombardeado por uma porção de e-mails (e outras formas de contato) que não fizeram o menor sentido para você, tanto na forma de se comunicar quanto no que foi prospectado e/ou oferecido.

Esse tipo de “marketing” sem propósito definido afasta leads e pode detonar a relação com o seu cliente. Então quanto mais exclusivo e personalizado for o seu fluxo, melhores serão os resultados que você irá colher com os seus clientes. 

A boa notícia é que com o Bulldesk você tem tudo o que precisa para criar campanhas de marketing interessantes. Você automatiza campanhas, controla seus leads, acelera o ciclo de vendas e diminui o custo de aquisição de clientes. E o melhor, tudo a partir de uma plataforma só. Comece o teste gratuito!

Leia mais
Automação de Marketing Nutrição de Leads

Como montar um fluxo de automação de marketing em minutos

pessoa no computador

Fluxo de automação de marketing é uma sequência de ações automatizadas que permite a uma empresa relacionar-se com seus leads. Além de dispensar a atenção de uma pessoa em tempo integral, a nutrição de leads traz escalabilidade à sua comunicação e mais assertividade nas vendas.

O que é um fluxo de automação de marketing na prática?

Em primeiro lugar, o fluxo de automação de marketing começa com uma landing page ou página de captura.


Dica: conheça 15 estratégias para desenvolver uma landing page efetiva


Essa página traz uma oferta de valor, como o download de um e-book, por exemplo. Para ter acesso ao material rico, o visitante preenche um formulário com dados pessoais, como nome e e-mail.

Quando o visitante insere seus dados, essas informações são enviadas para uma plataforma de automação de marketing, como o Bulldesk, e dispara uma série de outras ações.

Geralmente, a primeira ação após o preenchimento de um formulário em uma landing page é o envio de um e-mail. Mas, também pode ser o envio de um SMS ou mensagem de WhatsApp, caso você tenha o número do telefone da pessoa.


Confira: 6 razões para a sua empresa usar WhatsApp Marketing


Há quem prefira, também, direcionar o visitante para uma outra página, que pode ser o blog da empresa ou uma loja virtual. Tudo depende da ação que você deseja que o seu lead faça na sequência.

Como montar seu fluxo de automação de marketing

O planejamento do fluxo de automação de marketing começa listando os passos que o seu lead (contato) deve dar para completar a jornada de compra dele. Por isso, é importante conhecer as personas do seu negócio.

De modo geral, a jornada de compra é composta por 4 etapas:

  • descoberta: nesta etapa, a pessoa descobre que tem um problema e passa a pesquisar sobre ele.
  • conscientização: conforme vai aprendendo sobre o problema que tem, a pessoa vai se conscientizando do que deve fazer para resolvê-lo.
  • consideração: ciente do que deve fazer, a pessoa passa a considerar possíveis fornecedores de soluções.
  • compra: finalmente, a pessoa se decide por uma empresa e realiza a compra.

Difícil de visualizar? Vamos colocar em termos práticos.

Imagine que André tem um notebook de cinco anos e que o equipamento não atende mais às necessidades de André.

O notebook trava muito, demora a carregar as séries da Netflix e já não possui memória suficiente para a quantidade de arquivos que ele tem.

A primeira reação de André é buscar na internet se tem uma maneira de melhorar o desempenho. Ou seja, ele está na etapa de descoberta do problema.

Com um pouco de pesquisa, ele descobre que não há muito o que fazer. É necessário comprar um notebook novo. Mas qual notebook é o mais recomendado para ele? É quando ele entra na etapa de conscientização.

Feitas várias pesquisas, ele encontra três modelos, de marcas diferentes, que atendem bem ao que ele precisa. Agora a questão é escolher entre essas três marcas. Esta é a etapa de consideração.

Lendo reviews e recomendações de outras pessoas, André opta pela marca B e realiza a compra. Jornada finalizada.

A ideia central do fluxo de automação de marketing é que você tenha ao menos um conteúdo para cada etapa da jornada de compra de André.

Por fim, esse conteúdo deve ter como objetivo ajudá-lo a solucionar o problema de forma rápida e assertiva, deixando-o satisfeito com a compra e agradecido à sua empresa por ter ajudado no processo.

Bateu a curiosidade para colocar a mão na massa? Crie sua conta grátis no Bulldesk e confira o passo a passo para criar seu primeiro fluxo de automação!

Leia mais
Automação de Marketing

Como desenvolver uma estratégia de relacionamento com o cliente com o Bulldesk

Nos últimos posts aqui do blog da Bulldesk, falamos sobre alguns assuntos muito pertinentes para quem lida diretamente com vendas e clientes. Como por exemplo, o uso de ferramentas como o CRM e estratégias de Marketing de Relacionamento. 

Na verdade, todo o Relacionamento em si, em qualquer nicho, sempre é o desafio das empresas em relação aos clientes. Isso acontece porque todos somos clientes, estamos constantemente comprando produtos, adquirindo serviços e contratando negócios. E somos exigentes com o destino de nosso dinheiro. 

Bons investimentos, claro, são uma questão de boas negociações e muito conhecimento sobre cada serviço adquirido. Mas, quais técnicas podem ser utilizadas para que nós, como clientes, exerçamos nossa fidelização?

Faça essa pergunta constantemente. É sua obrigação, não importa sua função na empresa, lutar para que o relacionamento com seus clientes esteja em constante evolução. 

Como estabelecer estratégias de Relacionamento com o Cliente? 

Você, certamente, já ouviu falar do Bulldesk, nossa ferramenta 360° para vendas. O Bulldesk não é uma simples tabela de organização de vendas ou uma estação para demarcar leads. 

Com o Bulldesk, você consegue organizar todo o seu processo comercial, através de um software que muda a forma que você vende. Com ele, você importa contatos e envia e-mails, além de criar campanhas, priorizar atendimento e, claro, respeitar o seu funil de vendas. 

Falar disso tudo parece algo raso, mas cada etapa representa um passo fundamental para que sua empresa venda mais – e, olha, isso não é “papo de vendedor”!

Toda empresa possui um processo comercial e ninguém sobrevive só de vendas. Sem uma estratégia organizada, um funil de vendas e uma visão geral que possibilite contato direto com o core do seu negócio. Dessa forma, as vendas são mal aproveitadas e se tornam desassociadas do restante da organização e você perde dinheiro. Literalmente. 

Por isso, pense na importância de possuir uma lista de seus clientes todos em um só lugar. Além de conseguir trabalhar de forma personalizada em torno de cada um deles. Parece incrível, certo? Suas planilhas no computador e agendas manuais não vão conseguir fazer isso por você. 

A importância de ir além das informações básicas

Sempre batemos na tecla de que Marketing de Relacionamento começa antes de o lead ser convertido em cliente. E você só consegue se dedicar a um lead com eficiência quando isso é prioridade do seu time de vendas. 

Para essa prioridade ser ainda mais otimizada, o Bulldesk registra cada interação com o seu lead, em uma linha do tempo que inclui chamadas, e-mails, reuniões e anotações. Isso evita, sem dúvidas, o constrangimento de procurar informações em caixas de entrada ou planilhas, já que você consegue descobrir todos os pontos da sua relação com aquele lead.

Automaticamente, o você sabe quais conteúdos ele consumiu e, com isso, melhora seu rapport, abordagem e o trata com individualidade. Isso significa respeito com quem se interessa pela sua empresa. 

De quebra, os benefícios não são apenas o funcionamento integral do seu funil de vendas e maior taxa de conversão. Você acompanha o progresso do seu time de vendas. Além disso, consegue extrair o melhor de cada vendedor, trabalhar com metas progressivas e bonificar com maior qualidade os seus funcionários. 

O time de vendas é o coração de uma empresa e seus funcionários merecem ser referência para o seu negócio como um todo. 

Com o Software Bulldesk você ainda consegue:

  • Enviar sequências personalizadas, criando uma série de e-mails e os enviando de acordo com o seu interesse.
  • Polir sua equipe comercial, recebendo leads melhores e os tratando com mais exclusividade.
  • Montar campanhas de WhatsApp, criando um canal de relacionamento direto com seus clientes.
  • Marcar mais reuniões – com a funcionalidade calendário, você visualiza todos os agendamentos e compromissos que existem com seus leads.

Não tem motivos para continuar vivendo no passado. O Bulldesk te leva para o futuro e estabelece as melhores condições possíveis para performance do seu time de vendas. É inteligência comercial de forma simples, do jeito que sua empresa merece. 

Faça o teste grátis

Leia mais
1 2 3 4