Inbound Marketing

Implemente sua estratégia de Inbound Sales com o Bulldesk!

estrategia-inbound-sales

Sempre que iniciamos um texto aqui no blog sobre Inbound Sales, a primeira ordem é: vale falar, mais uma vez, que todo mundo já passou por algum perrengue com vendedor?

E a resposta acaba sempre sendo positiva: sim, vale a pena. Porque a forma como mundo das vendas se desenvolveu, dos primórdios até alguns anos atrás, não foi exatamente a melhor. Porém, se não tivéssemos atravessado milhões de ligações com vendedores “insistentes”, sem estratégia e efetuando as famosas cold calls, não teríamos novos métodos de vendas positivos, como é o caso do Inbound Sales

O que é Inbound Sales?

O Inbound Sales tem como princípio criar uma experiência que se baseia praticamente no oposto do que se costuma fazer.  Primeiramente, você é seduzido de alguma forma a chegar até a empresa, seja por anúncios em uma rede social, seja pela forma como ela se comunica, que chama atenção, ou até mesmo pela sua busca da solução de um problema que enfrenta. 

Só depois de todo esse processo – que pode levar semanas e até meses –, você pode receber um contato ou tomar a iniciativa, e saber “mais” do que os meros mortais seguidores. E pronto: você provavelmente fará uma reunião comercial e vai adquirir a solução dos seus problemas sem que “nem perceba”. 

Sim, vale lembrar que um dos pilares que sustenta o Inbound Sales é que o processo ocorra de forma natural, desde a sua chegada até a sua compra.

Isso tudo que detalhamos aqui é, nada mais, nada menos, que um processo que pode ser explicado de forma muito simples: 

  1. você, procurando solução;
  2. vira lead de uma empresa X;
  3. consome a estratégia de Inbound Marketing da empresa; 
  4. entra no funil de vendas;
  5. conversa com um vendedor;
  6. vira cliente, estatística e aumenta a taxa de conversão. 

O que o Inbound Sales faz pela sua empresa?

Antes de optar por formar uma equipe de Inbound Sales, é preciso compreender todos esses pilares que constituem essa grande estratégia de vendas. 

O significado de Inbound Sales pode ser vasto, mas consiste, basicamente, em fazer com que sua empresa seja encontrada de forma natural por aqueles que são seus consumidores.

Ele só acontece quando há um alinhamento minucioso das equipes de Marketing e Vendas. Eles devem reunir seus pequenos “mundos” em torno de um único objetivo, que é trazer os melhores leads possíveis – ou o mais preparados – para adquirirem o seu produto e/ou serviço.

High Five Team Work GIF

O objetivo desse processo é melhorar o rendimento de equipes. O resultado das empresas e seu foco está 100% nesses dois conceitos. O tempo que um vendedor perdia, antes, ao realizar vendas “atirando no escuro” e sem ter informações mínimas sobre quem estava do outro lado da linha fez com que profissionais fossem afinando as estratégias digitais para que o trabalho fosse facilitado. 

Mas, a pergunta de um milhão de dólares sempre chega: afinal de contas, quanto isso custa para minha empresa?

Inbound Sales: o que preciso para implementar minha estratégia?

Primeiro, você precisa ter uma. Para desenvolvê-la, é necessário unir suas equipes, deixar claros os objetivos e traçar planos de metas para implementação de vendedores capacitados. Outro ponto importante é que trabalhem lado a lado com sua equipe de Marketing. 

Além disso, existem formas que facilitam esse trabalho. Ferramentas de CRM e Automação, por exemplo, conseguem fazer uma grande parte do trabalho. Desse modo, você junta dados e informações preciosas e poupando o seu tempo na hora de montar as temidas (e infinitas) planilhas. 

Uma boa ferramenta de CRM para vendas deve:

  • agrupar todas as informações de venda, para um monitoramento constante;
  • utilizar o lead scoring para encontrar os melhores clientes para seu time de Inbound Sales;
  • criar campanhas de e-mail marketing divulgando seus empreendimentos;
  • permitir o acompanhamento de todo o processo comercial em um único lugar;
  • mensurar os seus resultados, criando espaço para que você veja o que funciona melhor para seus vendedores;
  • automatizar marketing e processos (que, honestamente, ninguém tem tempo de gerenciar);
  • usar e-mail marketing para construir sua marca, de modo que seja referência para seus clientes e leads;
  • criar campanhas que comecem por e-mail, SMS ou WhatsApp.

Adaptação não é esforço, é investimento.

Para que seu time de Marketing produza materiais que sejam interessantes e atraiam seu público “ideal”, é preciso adaptação. Também é necessário exigir o mesmo do seu time de Vendas. Falamos um pouco disso no post Como deixar seu time de vendas afiado no Inbound Sales.

Todos os pontos que levantamos acima podem parecer trabalhosos. Porém, você consegue reunir grande parte desses benefícios em uma ferramenta só. Aproveite o trial gratuito do Bulldesk e comece a testar a plataforma hoje mesmo!