Marketing Digital

Quais métricas de marketing realmente medem o sucesso do meu negócio?

Quando pensamos em marketing digital, as métricas e números parecem fazer parte do processo. Não apenas pela facilidade em mensurar como também pela importância de comprovar a eficácia das estratégias, as métricas são um pilar fundamental do marketing digital.

Porém, em meio a diversos parâmetros, é importante se perguntar: quais métricas realmente medem o sucesso do negócio? Quais são relevantes? Quais são as chamadas “métricas da vaidade”?

Essa reflexão é importante para que você considere o que realmente importa no momento de medir a eficácia e a rentabilidade das estratégias de marketing digital. Além de comprovar que os esforços estão valendo a pena, algumas métricas também indicam quais aspectos estão deixando a desejar. E mais que isso: onde melhorar. Por isso, vem com o Bulldesk!

Antes da análise: as ferramentas

Para que você consiga medir algumas das métricas que selecionamos nesse post, é preciso usar uma ferramenta voltada à mensuração. Dessa maneira, a coleta de dados acontece a partir de ferramentas automatizadas voltadas ao marketing digital. A mais queridinha delas é o Google Analytics.

Com a ferramenta configurada e a estratégia em ação, colete dados por um período de tempo razoável. Depois, com um volume suficiente de informações em mãos, comece a interpretar as métricas. Elas te ajudarão a entender melhor seu trabalho.

Afinal, quais métricas devo medir? Visitantes

O número de visitantes indica quantas pessoas acessaram sua página. Ou seja, essa métrica conta o número de usuários que chegaram até você. O número independe de quantas vezes cada um acessou o site.

O indicador de visitantes serve para medir o alcance do seu site ou blog. O ideal é que o número continue crescendo. Entretanto, caso os resultados permaneçam os mesmos, pode ser que a estratégia de atração esteja precisando de ajustes. Afinal, se você não está alcançando novos públicos, algo precisa melhorar, certo?

Leads

Os visitantes que se interessam pelo seu conteúdo e aceitam a proposta de valor que você oferece, tornam-se leads. Os leads, portanto, podem ser aqueles que assinaram sua newsletter; preencheram o formulário para falar com um consultor; ou informaram o e-mail para receber um conteúdo rico. Sendo assim, esse número é importante pois indica aqueles visitantes que estreitaram o relacionamento com sua marca ou serviço. E mais que isso: são aqueles que podem tornar-se uma venda em um futuro próximo.

Taxa de conversão

Mais importante que o número de pessoas interessadas em seu produto, os leads, é a taxa de conversão. Essa métrica mede o número de visitantes que transformam-se em leads, ou seja, que realizam a ação que você deseja. Esse número é fundamental para avaliar se as estratégias de atração e conversão de leads estão sendo eficazes ou não.

Uma boa taxa de conversão indica que seu público está aprovando o conteúdo que você oferece e tem interesse em seus produtos. Ou seja: a estratégia está funcionando.

Em contrapartida, caso a taxa de conversão esteja baixa, os visitantes estão chegando à sua página mas não estão convertendo-se em leads por algum motivo. É nesse momento que vale a avaliação das estratégias: será que você está atingindo o público errado ou será que o conteúdo que oferece não está afinado com sua persona?

Oportunidades

O número de oportunidades diz respeito aos leads que passaram pela qualificação e estão propensos a serem uma oportunidade de venda para o negócio. Assim sendo, o número de oportunidades indica que o lead não apenas se interessa pelo seu conteúdo mas também aproxima-se de sua solução.

Taxa de conversão para oportunidades

Assim como os leads, as oportunidades são um número expressivo quando medimos sua taxa de conversão. Dessa forma, a taxa de conversão para oportunidades diz respeito à porcentagem de leads que de fato alcançam o estágio de oportunidades no funil de vendas.

A partir dessa métrica você pode perceber como está a etapa de qualificação e nutrição de leads. Um bom número nesta métrica indica que seu lead é corretamente qualificado e que as estratégias de nutrição de lead estão funcionando. Entretanto, uma baixa taxa de conversão para oportunidades pode demonstrar que os leads não são qualificados ou que seu conteúdo de nutrição de leads precisa de ajustes.

Vendas e taxa de conversão para vendas

O número de vendas é o número mais importante para seu negócio.São as vendas que mantém a receita da empresa e justificam as diversas ações de marketing digital realizadas. E se o objetivo de tudo é vender mais, vale a pena observar a taxa de conversão de oportunidades para vendas. Essa taxa mede quantas oportunidades concretizam a venda de fato e tornam-se clientes.

A reflexão que esse número propõe é sobre todo o processo de marketing digital e também de vendas. Caso esteja abaixo do esperado, vale pensar na abordagem dos vendedores ou na forma com que você oferece seu produto às oportunidades.

Outras métricas: Leads por canal

Uma métrica importante para o estudo e planejamento de estratégias digitais é o número de leads por canal. Essa métrica indica quantas pessoas convertem-se em leads em cada canal. Por exemplo: você consegue medir quantos usuários tornam-se leads a partir de diferentes canais tais como: e-mail marketing, mídias sociais, anúncios pagos ou busca orgânica.

Dessa forma, você identifica qual canal é mais eficiente para lidar com seu público e pode direcionar suas ações de maneira mais assertiva.

Outras métricas: Custo por Lead (CPL)

O Custo por Lead permite identificar quanto custou cada lead gerado pelas estratégias de marketing digital. O CPL funciona assim: você divide os valores investidos em todo trabalho de marketing digital pelo número de leads que a campanha gerou. Dessa maneira, fica fácil comprovar o quanto vale a pena investir nesse segmento de comunicação.

Como usar as métricas a seu favor

A mensuração de métricas existe para nos ajudar a construir um planejamento cada vez mais assertivo. Sua importância reside no fato de percebermos, etapa por etapa, como melhorar as estratégias.

Portanto, é fundamental coletar os dados durante um período relevante de tempo para depois analisar o que as informações dizem sobre o desempenho das ações de marketing propostas.

Na sequência, pense em como otimizar cada aspecto que precisa de ajustes. Reúna a equipe de marketing para refletirem juntos sobre como melhorar cada vez mais o trabalho realizado.

Com as ideias escolhidas, coloque-as em ação e mantenha o acompanhamento e mensuração das métricas. Dessa forma, você pode avaliar com precisão se as mudanças estão melhorando os resultados.

Esse processo nunca pára. Uma vez que o marketing digital transforma-se diariamente com o advento de novas abordagens e mídias sociais, é preciso manter-se em constante transformação. Além disso, tenha em mente que sempre será possível otimizar processos.

E aí, já está pronto para começar a mensurar e otimizar suas estratégias de marketing digital?

TESTE O BULLDESK 7 DIAS GRÁTIS